preco-medicamento

Um abaixo-assinado com 2,6 milhões de assinaturas foi entregue ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, pedindo a redução da carga tributária nos medicamentos.

Segundo a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), os remédios são de uso essencial e, como tal, não deveriam ser tributados. Busca-se elaborar uma legislação que equipara os medicamentos aos alimentos da cesta básica.

Os organizadores do movimento também dizem que, com a redução nos impostos, mais brasileiros teriam condição de comprar medicamentos. Veja no texto abaixo  mais informações:

Exame: Indústria farmacêutica pede isenção de impostos no Congresso

Leave a Comment