2015

O Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas – FGV) calcula que, em 2015, teremos de volta alguns impostos que tiveram sua cobrança suspensa neste ano.

O instituto até prevê que o “tarifaço”, como chamou o jornal Valor Econômico, será equivalente a 0,5% do PIB. Uma das desonerações que serão revertidas é a volta do IPI, que poderia gerar R$ 10 bilhões em reforços para o caixa do governo. O IOF para pessoas físicas, que havia sido reduzido neste ano, também está na mira das reversões para 2015.

Isso servirá para reforçar um pouco os recursos tributários, visto que algumas desonerações já se tornaram permanentes, como a da folha de pagamentos. Não dá para ganhar todas.

Veja mais informações no link abaixo:

Afisvec Rio Grande do Sul: Ibre prevê “tarifaço” equivalente a 0,5% do PIB em 2015

Leave a Comment