reforma_tributaria

É sabido que o Brasil é um dos países com maior carga tributária no mundo. Sabe-se também que, mesmo com uma alta carga tributária, arrecada-se pouco por habitante, comparado com outros países onde pagam-se mais impostos. Para resolver esse dilema, como lidar com essa diferença?

O nosso Sistema Tributário Brasileiro é arcaico, e com impostos mal cobrados. O artigo do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Rio de Janeiro, Julio Bueno, esclarece alguns pontos relevantes, como a má cobrança do ICMS, os impostos em cascata, as substituições tributárias…

Desta forma, a reforma tributária não deve se pautar pela pintura nova, mas sim derrubar paredes e, quem sabe, construir um modelo novo, sem os vícios do anterior.

Veja o texto na íntegra abaixo:

Afisvec Rio Grande do Sul: Competição tributária entre estados brasileiros

Leave a Comment