amazon

Antes, a gigante das vendas online contabilizava seu faturamento europeu em Luxemburgo, conhecido paraíso fiscal – para pagar bem menos impostos. Mas, a partir de 1º de maio deste ano (!!!), a Amazon passou a fazer a declaração de alguns países do velho continente, como Espanha, Reino Unido, Alemanha e Itália. A França entrará na lista em breve.

O movimento de “legalização” do dinheiro – e, por consequência, pagar mais impostos – vem na contramão da divulgação do prejuízo da empresa no primeiro trimestre de 2015, que foi de US$ 57 milhões.

Mas nada tem de bonzinho nessa história. A União Europeia estava de olho nas manobras fiscais da Amazon e, diga-se de passagem, é melhor pagar o que deve do que sofrer sanções e passar por investigações profundas. Vão-se os anéis, ficam os dedos.

Veja a matéria completa no link abaixo:

Apet: Amazon muda política fiscal e pagará impostos em grandes países da Europa

Leave a Comment