bitributacao

O dinheiro (na forma de royalties, dividendos e lucros) que as filiais brasileiras nos Estados Unidos enviam de volta ao Brasil pagam 30% de impostos. Isso poderia ser evitado se houvesse um tratado de bitributação entre os dois países, o que poderia reduzir esse valor a zero.

Por isso, o Brasil fica lá trás no quesito competitividade entre os emergentes. Como exemplo, a Rússia e a África do Sul não cobram nada quando suas matrizes enviam juros e royalties de volta.

Para tentar melhorar a situação, a Confederação Brasileira da Indústria (CNI), o Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos e a Câmara Americana de Comércio (Amcham) enviaram uma carta conjunta ao Palácio do Planalto para iniciar uma negociação para inserir o acordo de bitributação na viagem que a presidente Dilma Rousseff fará aos Estados Unidos, no dia 30.

Veja mais detalhes no link abaixo:

Valor Econômico: Falta de acordo em tributação mina competitividade brasileira nos EUA

Leave a Comment