computacao-nuvem

Foi aprovada uma lei que permite à cidade de Chicago, nos Estados Unidos, a cobrança de um imposto de 9% sobre a computação em nuvem.

Na realidade, a medida foi uma adaptação de dois tipos de cobranças na cidade. A primeira delas é sobre entretenimento, que já incide nos ingressos de cinema, shows, teatro e afins. A outra versa sobre o aluguel de computadores. Juntem-se essas duas formas e se tem um novo tributo.

E como as coisas andam rápido, no Brasil essa moda pode pegar. Já existe um projeto de Lei Complementar, que inclui os serviços de computação em nuvem dentro do ISS.

Veja mais detalhes no link abaixo:

Apet: Chicago cria taxa sobre computação em nuvem e Brasil estuda fazer o mesmo

Leave a Comment