nota_fiscal

Foi anunciada na semana passada a notícia que o governo de São Paulo fez algumas mudanças no sistema da Nota Fiscal Paulista (o famoso “CPF na nota”). O percentual devolvido ao consumidor diminuiu para 20% do imposto arrecadado (antes eram 30%), e os créditos calculados no primeiro semestre de 2015 serão pagos somente em abril de 2016.

Essas medidas trarão aos cofres públicos um extra de R$ 600 milhões que, segundo o governo, serão destinados aos investimentos em saúde, educação e segurança, entre os demais investimentos estaduais.

Isso tudo devido à queda da arrecadação do ICMS em 2015 – a justificativa para a novidade é evitar o aumento do imposto para a população.

Veja a notícia completa no link abaixo:

Infomoney: Corte na Nota Fiscal Paulista rende R$ 600 milhões para governo

Leave a Comment