desigualdade

Mesmo nos últimos anos, quando houve uma maior redistribuição da arrecadação tributária via programas sociais e aumento do salário mínimo, a tributação em si continua predominantemente regressiva.

Essa é a opinião do pesquisador do Ipea, Fernando Gaiger, que participou de um debate no 5º Fórum de Políticas Públicas, realizado em São Paulo pelo Insper.

Há uma série de fatores que, segundo ele, fazem o sistema tributário brasileiro ser bastante regressivo, e não é somente com os impostos indiretos: as deduções do IR para saúde e educação, além dos subsídios ao agronegócio.

Veja o texto na íntegra no link abaixo:

Folha de S.Paulo: Programas tributários aumentam desigualdade, afirma pesquisador

Leave a Comment