nfp_destacada

Por mais que o percentual de retorno da Nota Paulista tenha diminuído, e não tenha havido o resgate dos créditos acumulados em outubro de 2015, a Secretaria da Fazenda notou um aumento de 1,42% de contribuintes cadastrados no programa.

Um dos possíveis motivos, apontados pelo coordenador da NFP, Carlos Ruggieri, é que os prêmios sorteados aumentaram em quantidade e em valor – a máxima premiação é de R$ 500 mil.

Veja o texto completo no link abaixo:

Exame: Nota Fiscal Paulista cresce, apesar de congelar créditos

Leave a Comment