O imposto contra a obesidade

refrigerante

O governo mexicano tomou uma providência inusitada: aumentou a tributação sobre as bebidas açucaradas no país. A medida atinge em cheio os refrigerantes, e suas fábricas já estão sentindo o prejuízo. A Femsa, maior engarrafadora de Coca-Cola da América Latina (e que tem filiais no Brasil) já amarga uma queda de 4,6% no seu lucro …

Continue a leitura →